Dicas para economia de gás nas residências




Com a chegada do inverno, o consumo de gás na cozinha ou no aquecimento de água do chuveiro e das torneiras tendem a aumentar consideravelmente. Medidas simples como reduzir o tempo de vazão da água, aproveitamento da temperatura da água/aparelho pré-aquecido e a realização da manutenção periódica dos equipamentos, podem contribuir muito na economia da residência.



Dicas com aquecedores de passagem:


  • Mantenha a manutenção do aquecedor em dia

É aconselhável a revisão dos equipamentos a cada seis ou oito meses ou conforme a orientação do fabricante. Dutos da chaminé, pressão, bicos de entrada do gás e da água e queimadores, precisam ser checados em cada revisão.

  • Observe a vida útil do equipamento

Fique alerta para o prazo determinado pelo fabricante para a substituição do aquecedor. Quando esse prazo se esgota, é necessário trocar o equipamento.

  • Cuidado com a temperatura

Regule a temperatura da água do aquecedor de forma que seja necessário acionar somente o registro de água quente na hora do banho. A prática de abrir tanto a torneira de água quente quanto a de água fria para equilibrar a temperatura aumenta o consumo de gás.

  • Em caso de ausência, feche o registro de gás

Essa medida está ligada à segurança. Quando for passar vários dias fora de casa, por exemplo durante as férias, mantenha o registro do gás fechado. A medida vale também para o registro de gás do fogão.

  • Fique de olho no funcionamento do aquecedor

Caso ele não esteja acendendo imediatamente após a abertura da torneira de água quente, verifique se a instalação foi feita corretamente. Se necessário, chame um técnico.

  • Não instale ou faça a manutenção do aquecedor por conta própria

Além da possibilidade de estragar o equipamento, esse tipo de atitude põe em risco sua segurança e a dos demais moradores da casa ou prédio. Quando se trata de equipamentos a gás, chame sempre profissionais habilitados e/ou assistências técnicas autorizadas e com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

  • Mantenha a ducha e as torneiras de água quente sempre limpas

Embora esses cuidados não influenciem o consumo de gás, eles permitem um controle melhor da temperatura desejada. A sujeira na ducha pode afetar a vazão da água (para uma menor vazão) e, com isso, tem-se uma temperatura maior na ducha e diferente da registrada no aquecedor.

  • Mantenha o aquecedor de passagem instalado em local adequado

O mais indicado é que aquecedores a gás sejam instalados na área de serviço, porque costuma ser o ambiente mais arejado da casa. Essas indicações valem para o ano todo, mas no inverno, quando a tendência é manter portas e janelas fechadas, o cuidado deve ser maior.



Dicas com a cozinha:


  • Preste atenção no fogo

A cor do fogo pode dar sinais de impurezas acumuladas nos bocais do seu forno e fogão. A tonalidade da chama deve ser azul, se notar que ela está alaranjada ou amarelada, deve haver algum entupimento que pode te impossibilitar na hora de economizar. Limpe os bocais e, no caso das cores diferentes permanecerem, procure assistência técnica.

  • Manutenção do fogão

Mantenha a manutenção do seu fogão em dia, isso pode te ajudar a diminuir o consumo do gás. Pois, o seu fogão pode apresentar entupimentos nas bocas que não mudam a cor da chama ou mesmo vazamentos que podem acabar com o seu gás muito rápido.

  • Pré-cozinhe certos alimentos

Pré-cozinhe alguns alimentos e depois armazenar em pequenas porções é um ótimo método para poupar tempo e gás de cozinha, principalmente se estivermos falando daquelas combinações que estão sempre no seu cardápio como, arroz, feijão, macarrão, legumes, entre outros. Há ainda hábitos na cozinha que podem diminuir o tempo de cozimento, como deixar o feijão de molho de um dia para o outro, antes de levá-lo à panela de pressão.

  • Use as tampas corretas

Quando economizamos no tempo de cozimento de uma receita automaticamente estamos diminuindo o consumo de gás. Dessa forma, uma dica para conseguir fazer isso é usar a tampa do tamanho exato da panela, assim o alimento irá cozinhar mais rápido.

Em outras palavras, quando você usa uma tampa maior ou menor que o diâmetro do recipiente que vai ao fogo, o calor não se dispersa, os alimentos não cozinham rápido e você acaba gastando menos gás.

  • Pré-aqueça o forno

Pré-aquecer o forno faz toda a diferença, tanto na hora de assar um alimento, quanto na economia do gás de cozinha. Por mais que o forno esteja vazio, essa etapa do cozimento é necessária para preparar o cozimento de bolos, carnes e legumes, fazendo com que o calor seja previamente distribuído em todo o forno e que eles fiquem na mesma temperatura, do início ao final do preparo.